Dicas Franquia Franquia de tecnologia

Dicas de como adquirir e gerir uma franquia de tecnologia

Geyvson Andrade
Escrito por Geyvson Andrade

Num mercado cada vez mais competitivo, muitas pessoas têm adotado o sistema de franquia para ter um negócio próprio. Quando falamos de tecnologia, o interesse pode ser ainda maior, já que pode ter um investimento baixo.

No entanto, sua gestão pode ainda ter algumas dificuldades, comuns para quem entra nesse mercado. Pode ser quanto aos funcionários, quanto ao produto, quanto ao sistema operacional, entre outras coisas.

Se você quer saber dicas para tornar sua vida mais fácil, prossiga com a leitura do artigo e entenda mais sobre a gestão de franquia.

Como adquirir e gerir uma franquia de tecnologia

Ter uma franquia significa segurança econômica e suporte de um modelo de negócios já estabelecido. No entanto, pode ser um processo chato adquirir e gerir uma, pois alguns o fazem da maneira errada.

Primeiro, é necessário entender sobre a abrangência da marca de tecnologia e seu possível retorno financeiro. Em nosso artigo sobre dicas infalíveis para uma franquia de excelência, apontamos como é importante ter uma análise de mercado antes de tudo.

Além disso, é necessário ter um cálculo quanto ao investimento inicial, para não ter nenhuma sobrecarga monetária. Cabe aqui ter uma noção de quanto capital de giro possui para gestão da franquia.

Por fim, você deve definir junto do franqueador os papéis de cada, para que tenha-se uma noção de limites da gestão. Afinal, é só assim que você pode definir como será a sua forma de gerir.

6 dicas de gestão para uma franquia de tecnologia

Como dito antes, ter uma franquia de tecnologia reduz os riscos comuns de montar uma empresa própria, além de ter um custo baixo. No entanto, ainda possui as ameaças de uma má gestão.

Confira aqui 6 dicas de como se aprimorar. 

Ter noção do fluxo de caixa

A capacidade de gerir os valores que circulam na conta da franquia é uma característica requisitada na administração financeira. Entender sobre as receitas, as despesas, prazos, etc, pode ser complicado para um iniciante.

Antes de embarcar no projeto, busque treinamentos, estudos e cursos online para aprimorar sua capacidade de gerir valores.

Separar pessoa física da jurídica

Um erro crasso de um franqueado é não separar as contas físicas das jurídicas, retirando de um para gastar no outro sem o devido registro. Essa incoerência de contas pode causar um problema de contabilidade que atrapalha o seu negócio.

Por isso, tenha controle das retiradas, evitando na medida do possível essa intersecção de contas.

Seja ativo no treinamento promovido pelo franqueador

Um franqueador sempre promove treinamento para os franqueados, de forma com que as unidades rendam para ele. Ter participação nesses momentos é a chave para capacitação da equipe (e sua) e promover melhor o modelo de negócios na franquia de tecnologia.

Ser ativo com seus funcionários

É necessário ser uma figura presente em sua própria unidade, não ficando reservado apenas à parte administrativa do negócio. É necessário avaliar os problemas enfrentados e os erros cometidos para que não afetem negativamente na empresa.

Não é só sobre indicar erros, é sobre oferecer orientação para que não seja repetido e até mesmo para que o funcionário desenvolva sua competência. É importante não ser apenas um gestor da empresa, mas também das pessoas que fazem parte dela.

Trazer inovação

Engana-se quem pensa que não é possível inovar no modelo de franquia. Na verdade, é importante pensar de maneira diferente o seu negócio, já que isso pode ser lucrativo para o franqueador.

No entanto, não aplique a ideia sem aprovação do mesmo.

Invista no marketing

Apesar de tentador ficar apenas como o marketing institucional já suprido pela própria marca, é importante também investir na propaganda local. O seu mercado carrega individualidades e um público-alvo comum da região.

Faça algo mais específico que os atinja, entenda seu público.

Uma dica para adquirir uma franquia de tecnologia

É importante ressaltar como a tecnologia é um termo abrangente para se montar uma franquia. O espaço para inovação que esse setor oferece pode ser bastante atraente para um franqueado com mente empreendedora.

Além disso, você pode ter uma franquia de tecnologia com apenas R$ 4.500 em investimento inicial. É uma oportunidade de inovar sem sofrer com riscos tão grandes de prejuízo!

Sobre o autor

Geyvson Andrade

Geyvson Andrade

CEO da Emconexão Sistemas, Empreendedor, Pós Graduado em Gestão Pública, Jornalista, Bacharelando Direito.

Deixe uma resposta

Navegação