Franquia Franquia de tecnologia Negócio próprio

Franquias: Uma boa opção para quem quer empreender?

Geyvson Andrade
Escrito por Geyvson Andrade

Muitos brasileiros buscam empreender de alguma forma para ter um rendimento próprio e, assim, conseguir sobreviver no mercado. No entanto, é muito difícil criar uma empresa, então acabam optando pelo modelo de franquia.

No entanto, muitos se questionam se é uma boa opção para quem quer empreender? Afinal, é possível crescer nesse modelo de negócios? São dúvidas comuns para pessoas que se encontram num mercado cada vez mais competitivo.

E se essa é uma dúvida sua também, prossiga com a leitura do artigo e veja como uma franquia pode ser uma boa opção.

Franquia dentro do conceito de empreendedorismo

O que é empreender? Para muitos, significa ser parte da vanguarda econômica, aquele que traz mudanças ao mercado. Dessa forma, busca oportunidades que gerem inovação e que quebre métodos antigos não tão eficientes.

No entanto, isso talvez gere a ideia errônea de que o empreendedorismo envolve apenas a criação de algo novo, se desprendendo de modelos estabelecidos. Um empreendedor não é só aquele que cria uma novidade, mas quem vê as coisas de uma nova maneira.

É daqui que podemos partir para o conceito de franchising, mercado que vem crescendo no país, tendo um aumento estipulado de 8-10% esse ano. Se trata da concessão de uso de uma marca e seus produtos para replicação em unidade além da sede.

É um modelo já estabelecido, onde você trabalha no formato da sede, o que confere um meio mais seguro para lucrar. Dessa forma, você tem todo o conhecimento de know-how do franqueador, de operações à administração.

Você trabalha em cima de uma base, mas isso não significa que há ausência de espaço para inovações na gestão. Na verdade, é possível inovar sim, principalmente quando falamos em um termo ainda não tão conhecido: as microfranquias.

Microfranquias: a franquia para o microempreendedor

Desde sua criação como conceito, o sistema de franquia passou por inúmeras mudanças de forma a atender todas as partes do mercado. Dessa forma, há muitas maneiras de inovar dentro de um sistema que justamente trabalha numa fórmula.

Um desses espaços para mudança é a microfranquia. Afinal, arriscar no modelo não é uma questão só de vontade, é também econômica – buscar inovar, não raro, é também sinal de prejuízo.

Por isso, é necessário começar de baixo, com algo que tenha orçamento pequeno e ainda possua apoio e oportunidade através de financiamentos sem abusos. Então que tal combinar franquia, um modelo seguro e lucrativo, com um sistema de baixo custo?

A microfranquia permite inovação sem ameaçar o orçamento, seja do franqueado ou do franqueador. Isso permite coisas que não costumam ser comuns para uma franquia: instalação da unidade em favelas ou micro-pontos expressos, por exemplo.

Através desse modelo, é permitida inovação na forma como se vende, até mesmo pela marca ser conhecida pela inovação. No entanto, não se deve cair em qualquer oportunidade, por mais fantástica que seja.

Empreender é avaliar oportunidades – e deve se levar em conta que inovação sempre é arriscado e a marca pode não entregar o prometido.

Dessa forma, uma franquia pode muito bem abrir espaço para um empreendedor inovar.

Benefícios de uma microfranquia 

O principal benefício de uma microfranquia é o espaço para inovação na forma como se vende e até em onde vende. Ainda conta com um baixo custo para investimento, o que justifica o espaço para arriscar que é permitido.

No entanto, ainda carrega mais benefícios para empreender no modelo:

  • O franqueado pode ser sua equipe sozinho;
  • Se trata de um negócio bem formatado;
  • Ainda tem processos definidos e suporte por parte do franqueador;
  • Menor custo operacional;
  • Royalties menores ou inexistentes;
  • Possibilita maior descoberta de mercado.

Para alguns, o baixo investimento inicial costuma ser o grande diferencial para empreender, o que é possível em uma franquia de tecnologia. Você pode investir em uma com apenas R$ 4.500!

Esse espaço para inovar com menores custos é algo que muitos empreendedores sonham. Então, se planeja montar uma franquia para empreender com baixo custo, seria bom contar com uma de tecnologia.

Sobre o autor

Geyvson Andrade

Geyvson Andrade

CEO da Emconexão Sistemas, Empreendedor, Pós Graduado em Gestão Pública, Jornalista, Bacharelando Direito.

Deixe uma resposta