Dicas

Hábitos destrutivos, você tem consciência dos seus?

Geyvson Andrade
Escrito por Geyvson Andrade

Hábitos são comportamentos rotineiros de um indivíduo ou de um grupo. Nesse sentido, é certo que na vida de um empreendedor ou de um empregado, o dia a dia passa por diversas etapas: a primeira é romper com aquilo que vai de encontro ao nosso bem-estar. Por isso, um estágio importante do cotidiano é estar atento aos hábitos destrutivos. Estes que são muitas vezes quase imperceptíveis, mas que, se deixados à vontade, tornam-se grandes problemas. Assim, separamos algumas dicas para você refletir um pouco sobre os seus comportamentos.

  • Você acredita em si mesmo?

Seja de forma positiva, seja de forma negativa, afirmar a nós mesmos exerce uma força extraordinária sobre nossas ações. O perigo é cair em um ciclo vicioso que valoriza a negatividade em detrimento da positividade. Assim, priorizar o sentimento de confiança, e colocá-lo defronte às atribulações ou às grandes felicidades é uma atitude, e, portanto, deve ser praticada com rigor e repetidas vezes.

  • O que as pessoas pensam interfere em suas ações?

Todos nós gostamos de ser respeitados e amados pelos outros. No entanto, quando a opinião do outro interfere as nossas práticas, tem-se aí um problema. É importante ser o determinante de nossas ações, não o determinado. A nossa vida quem vive somos nós, e mesmo que a opinião alheia seja pertinente, ainda assim, apenas nós vivemos o nosso cotidiano. Por isso, procure sempre ser protagonista de suas ações.

  • A negatividade está sempre presente com você?

Problemas são comuns na vida de todos. Mas aceitar a negatividade estimulada por eles é uma atitude não muito saudável. Assim, quando o sentimento de negatividade for parte do seu cotidiano, certamente estará diante de um entrave. No âmbito do trabalho, muitas vezes o medo do fracasso é a máscara de quem se faz sempre negativo. Sendo assim, reconheça os problemas, procure sempre estar ao redor de pessoas positivas e pratique ações positivas.

  • Pessimismo é uma característica comum na sua rotina?

“Eu não tenho uma oportunidade”, “Isso não vai funcionar”, “Não poderia ser pior”. Essas são algumas frases comuns de gente pessimista. Você anda praticando alguma delas no seu dia a dia? Se a resposta for sim, procure concentrar seu pensamento em uma reflexão baseada em “como mudar essa situação?” ou “como atingir isso?”. O pessimismo é um hábito infeliz, e sendo um hábito, pode ser mudado.

  • Você faz autocrítica ou se sabota?

Você já fez uma crítica a si mesmo hoje? A crítica é fundamental para o nosso amadurecimento. Como você a guia é que determina o que ela pode causar em seu corpo e em seu bem-estar. Diante disso, ao pensar sobre suas ações e suas atitudes, reflita sobre como você pode melhorá-las, pois nossa forma de agir não é fixa, tampouco imutável. Encontre nelas um potencial para o seu crescimento, não para uma desvalorização de si próprio. Portanto, tenha sempre em mente que o seu cotidiano é um laboratório para educar o seu comportamento, mas não um laboratório para destruir a si próprio.

Conclusão

Refletir sobre nossas práticas cotidianas é importante para nosso crescimento. Desse modo, as questões apontadas podem ajudar na construção de uma visão mais autocrítica, menos sabotadora. Que tal parar um pouco para pensar em você?

E se quiser mais dicas como essas, fique atento ao nosso blog semanal. Todas as semanas trazemos informações atualizadas do mundo da tecnologia e do mundo dos negócios.

Sobre o autor

Geyvson Andrade

Geyvson Andrade

CEO da Emconexão Sistemas, Empreendedor, Pós Graduado em Gestão Pública, Jornalista, Bacharelando Direito.

Deixe uma resposta